fbpx

Corrida de canetas

Quando era adolescente Lu brincava de criar caminhos em papéis supostamente imaculados. Criava pistas e colocava obstáculos. Pedras, troncos, pontes, fendas e, com…

Read More

Fios desencapados

Abri minha mala de ferramentas, peguei alicate, tesoura e joguei fora a fita isolante. Desencapar fios era um ato de coragem, falta de…

Read More

Listas

Abriu a gaveta e retirou as 36 listas que havia feito. Ali estavam todos os motivos que a faziam adiar o término. Relia…

Read More

Frames e casas

Preciso falar de Rebeca. Não sei se é assim que se escreve seu nome. Nunca soube. Ela assina Rebec80. Uma falha inexplicável e…

Read More

Risadotas

Risadotas Carta para minha irmã de alma, Querida C. Você se foi. Nunca imaginei que você fosse partir tão cedo. Tão cedo para…

Read More

Crenças

Nunca saberei ser você  Nunca saberás me ser  Acho que nunca ninguém poderá viver o outro Estar na sua pele, estar na sua…

Read More
campainha

Sinetas

A campainha tocou. Estranho, muito estranho. Não conhecia o som da minha sineta. Nunca tocara antes, mesmo que fizesse pouco tempo que eu…

Read More